Pois é pessoal, passei um tempo afastado do meu blog. Correrias do cotidiano e falta de tempo foram os culpados por este afastamento semi involuntário, mas cá estou eu de volta. Material acumulado nesta parada temporária é o que mais temos para colocar este meio de expressão de volta na parada. Bom, mas peço então desculpas pelo afastamento e já deixo de antemão, uma foto do meu próximo alvo de avaliação. Gol 1.0 Geração 4. Foram mais de 8 mil quilometros em duas semanas de estrada pelo interior do Paraná e Santa Catarina. Foram dois carros diferentes, mas a foto é do modelo que saí de Porto Alegre e fui visitar as concessionárias de uma marca de caminhões para a qual eu fazia assessoria de imprensa. Este carro saiu de Porto Alegre num domingo ensolarado pela manhã e retornou na sexta feira posterior, depois de muita chuva e de muito sofrimento nas péssias estradas catarinenses e também de motoristas mal educados e que acham que sabem dirigir. Triste, mas esta foi a realidade em 5 dias de muita estrada, onde o Gol mostrou sua valentia, desempenho e o melhor de tudo, sua economia de combustível, tanto no álcool, combustível usado na maior parte do tempo nas estradas quanto na gasolina e sempre com ar condicionado ligado. Todos de volta na sexta feira, eu, minha noiva e o Gol, velho guerreiro de batalhas.

 

Um abraço!

Gol em uma das muitas belas paisagens do Oeste Catarinense

O alto custo da tecnologia e do luxo sobre rodas
Quando o assunto é luxo e tecnologia, não há limites para valores. Voltados para um segmento altamente elitizado de Porto Alegre, concessionárias mostram seus modelos e valores cobrados por eles para quem busca exclusividade, conforto e os recursos tecnológicos mais avançados sobre quatro rodas. Na Audi Star, dois veículos se destacam. O primeiro é o Audi A8 Limousine, um carro dotado de um motor W-12 que gera 450 Hp’s e trás alguns diferenciais como bancos elétricos aquecidos e refrigerados, uma espécie de ar condicionado nos bancos do carro, carroceria totalmente em alumínio e doze air bags espalhados pelo habitáculo, além de cinco níveis de regulagem de suspensões e quatro sistemas de ar condicionado. Fabrício Stenzel, gerente de vendas da Audi Star salienta que este carro já circula nas ruas da capital e custa R$ 709.000, sendo comercializado somente sob encomenda. A pronta entrega na concessionária, outro modelo de destaque é a SUV Q7, veículo com o título de melhor SUV do Planeta. Equipada com um motor V8 de 350 hps, ela tem sete lugares, três tetos solares, rodas de vinte polegadas e recursos tecnológicos como radares dianteiros e traseiros que detectam a aproximação de outros veículos inclusive pelo ponto cego do retrovisor, reduzindo a velocidade ou freando o carro, caso necessário. Este SUV custa R$ 380.000 e segundo Stenzel, a cada mês é vendida de uma a três unidades do modelo. Já na Savarauto, concessionário Mercedes Benz, o destaque é a S 500, também comercializado somente sob encomenda no modelo 2007/2007. Segundo Elizeu Pereira, gerente de vendas da concessionária, são comercializadas de sete a oito unidades do modelo por ano. Com um custo de R$ 575.000, o carro é equipado com motorização V8 de 388 hps e oferece aos ocupantes frigobar, tv, telefone, night vision, recurso que auxilia e mostra o caminho a frente do carro, câmera traseira que auxilia na tarefa de estacionar e todos bancos elétricos com massageador. O comprador pode também escolher a cor externa do carro e a cor do revestimento interno. Esta é a versão top de linha da marca. Elizeu enfatiza que há para pronta entrega uma unidade, porém ano/modelo 2006 zero km na cor prata por R$ 470.000 com todos estes recursos, exceto o night vision e a câmera traseira.
Incidência de roubo e furto eleva custo do seguro no Estado

Na última terça feira, dia 31 de julho, foram registrados no Rio Grande do Sul, 97 ocorrências de furto ou roubo de veículos, de acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Estado (www.alertaveiculos.rs.gov.br). Somente em Porto Alegre, neste dia foram 49 ocorrências, fato este que coloca a capital gaúcha no hall dos seguros de automóveis mais caros do Brasil.

As seguradoras trabalham com o perfil do segurado e classificam como motoristas de risco agravado, em sua maior parte, pessoas na faixa etária entre 18 e 24 anos, sendo que, em determinadas seguradoras, homens nesta faixa de idade não tem aceita a sua proposta de seguro. Condutores que utilizam seus veículos para o exercício do trabalho também possuem agravo no custo do prêmio pago, devido à exposição constante ao risco, salienta Thiago Lins, corretor de seguros da Marka Seguros. Veículos importados e de fabricação superior entre 7 a 10 anos,  também possuem seu custo de seguro elevado, uma vez que, devido  ao baixo valor de venda e o elevado custo de suas peças, em caso de um acidente, a possibilidade de ocorrência perda total do veículo e conseqüente indenização pela seguradora ao proprietário do veículo  é iminente.

Thiago ainda destaca que os veículos com maior risco para o mercado segurador seriam os veículos da Volkswagen, mais especificamente Parati e Golf, cuja incidência de roubo e furto destes modelos geraram a negativa de algumas seguradoras no mercado em aceitá-los como parte de sua frota de clientes.

Jorge Ferreira, diretor da Overcontrol Rastreamento Ltda enfatiza que os veículos mais furtados e roubados são carros populares, pois geralmente não possuem nenhum tipo de bloqueador ou alarme e são utilizados para desmanche, motos de baixa cilindrada que tem como destino o desmanche e caminhões, que freqüentemente são furtados ou roubados, e posteriormente os meliantes exigem "resgate" aos seus proprietários, uma vez que nove entre 10 não possuem seguro e geralmente são devolvidos sem a sua carga.

Os serviços que a maioria das seguradoras oferecem são Assistência 24 horas e serviço de guincho, algumas empresas também oferecem carro reserva (caso de perda total), envio de combustível em caso de pane seca, seguro para quebra de vidros,  serviço de transporte e inclusive assistência médico-hospitalar, desconto na franquia em oficinas credenciadas, bem como carro reserva nestes estabelecimentos. Nesse momento vale a pena avaliar muito bem que tipo de cobertura e assistência que está sendo contratada, e muito importante na hora do sinistro, o pronto atendimento do seu corretor faz a diferença, enfatiza Jorge.

 

[ ver mensagens anteriores ]



Meu Perfil
BRASIL, Sul, PORTO ALEGRE, Homem, de 26 a 35 anos